Na bandeira laranja: Além de São Gabriel, Agudo na região central decide manter o comércio aberto

Em entrevista a Rádio Agudo, o Prefeito de Agudo, Valério Trebien, contestou a decisão do Governo do Estado em enquadrar a cidade na “bandeira vermelha”, tendo em vista que no Município, apenas dois casos de Covid-19 foram confirmados e as medidas do modelo de Distanciamento Controlado, irão resultar em muitos prejuízos, especialmente ao comércio local. Para ele, a saúde da população vem em primeiro lugar. Contudo, proteger os empregos, também é proteger a saúde dos moradores. Ele diz que, nesta segunda-feira, 15, seguem as medidas do atual Decreto Municipal, com comércio aberto e que um novo documento será elaborado e divulgado amanhã, 16. 

Ainda hoje, ele e os demais prefeitos que fazem parte da AMCentro estarão reunidos e irão debater a situação. A proposta, segundo Trebien, é solicitar justificativas do Governo do Estado, sobre o enquadramento da região como bandeira vermelha. “Vamos exigir ações urgentes para que o Estado disponibilize mais leitos para internações na região”, disse o Prefeito. Ele ainda oficializou o cancelamento da Volksfest In Agudo e orientou que a população siga com os protocolos de prevenção, que incluem o uso de máscara, distanciamento entre as pessoas, higienização dos ambientes e das mãos.

O prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, ao saber da ameaça da PGE, afirmou que confia na Justiça e duvida que haverá uma ação da PGE diante da realidade de São Gabriel. 

O prefeito de Uruguaiana Ronie Mello também reagiu.Antes de pensar em uma ação criminal, o Estado deveria ter mais abertura para ouvir os prefeitos e a realidade de cada município.

Informações/Rádio Agudo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423