Boatos sobre gangues e facções à solta em Santa Maria são desmentidos por Delegado Regional

Durante a madrugada desta sexta-feira (20) três jovens foram esfaqueados em Santa Maria. Conforme informações do Corpo de Bombeiros e da Brigada Militar (BM), os casos ocorreram em um intervalo de cerca de meia-hora, entre 2h e 2h30min, no Bairro Nossa Senhora do Rosário. Quando a notícia se espalhou, junto com ela também boatos de que uma possível facção estaria realizando os crimes pela cidade, isso porque, um áudio “viralizou entre os grupos de Whatsapp, alarmando à população. Nesta tarde, o Delegado Regional de Polícia Civil de Santa Maria, Sandro Meiners esclareceu o caso.

“Gostaria de esclarecer sobre este áudio que está circulando nos grupos. Ele foi uma postagem inadequadas, feita por uma servidora da SUSEP. Ela fez essa postagem no grupo da família dela e acabou sendo difundido por integrantes do grupo e “viralizando” na verdade”.

Imagem/Divulgação pessoal

O delegado esclareceu que, de fato, aconteceu uma ocorrência em via pública, onde um indivíduo agrediu um jovem com um facão, o caso está sendo alvo de uma investigação realizada pela Delegacia de Homicídios de Santa Maria, todavia, não tem absolutamente nenhuma vinculação com facção criminosa, não tem nenhuma ligação com preso em saída temporária. “Não há necessidade nenhuma de preocupação e pânico nesse aspecto, porque não existem integrantes de grupos criminosos andando na rua”, esclareceu Meineres.

“Então esse é só para deixar o esclarecimento, para não criar uma situação de falso pânico, de uma preocupação desnecessária para nossa população. Claro que a preocupação quanto à cautela, cuidado e atenção é necessária. Mas nada nesse sentido, alarmante. Então esse é um estabelecimento feito somente para aplacar os ânimos”, finalizou o delegado regional de Santa Maria.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423