Com galerias pluviais a caminho de Santa Maria, obra do Calçadão é retomada nesta segunda-feira (19)

A obra do novo Calçadão Salvador Isaia, no centro de Santa Maria, foi retomada nesta segunda-feira (19), agora sob responsabilidade da empresa De Marco, de Erechim, que vai seguir com a instalação das galerias das redes pluviais e de esgoto. A primeira etapa de acomodação das estruturas no subsolo foi feita pela Urbanes Empreendimentos, de Santa Maria. 

Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Ewerton Falk, uma pausa na obra já era esperada no momento de troca das empresas, pois o cronograma previa uma vistoria do serviço já concluído por fiscais da Prefeitura, da Urbanes e da De Marco. Esse trabalho levou cerca de 15 dias, como previsto inicialmente. Contudo, pela falta de insumos em todo o país, por conta da pandemia, para a confecção das novas galerias, o serviço ficou paralisado por mais tempo. 

“Nós já esperávamos uma interrupção nessa transferência entre as empresas, e que era necessária para garantirmos a qualidade do serviço desta obra que é tão importante para Santa Maria. A questão é que fomos surpreendidos com a escassez de insumos na produção de alguns itens da construção civil, basicamente o ferro, o que paralisou o serviço por mais tempo do que o esperado. Mas, hoje, com alegria, estamos retomando o trabalho com a empresa De Marco assumindo, como planejado, e vamos seguir avançando com a obra do Calçadão, que faz parte do Centro Histórico da cidade”, salienta Falk. 

Agora, as estruturas estão a caminho de Santa Maria e a De Marco começou a organizar a área da obra com realocamento dos tapumes. A empresa também está responsável fechar provisoriamente, com concreto, uma área que ficou aberta no chão para que os fiscais pudessem ter acesso às galerias já instaladas e para fazerem a vistoria.  

Ao todo, a galeria do Calçadão terá pontos de acesso para que as manutenções futuras possam ser feitas sem danificar o piso, já que essas entradas permitem que a equipe transite por toda a extensão da estrutura no subsolo, que vai de uma ponta a outra do Calçadão. A De Marco, além de finalizar a instalação das galerias no subsolo, também vai realizar o serviço que compreende toda a parte visível do Calçadão, como calçamento, áreas de convivência, iluminação e outros equipamentos.

A obra do novo Calçadão está orçada em R$ 2 milhões. Porém, por alteração feita no Plano Diretor de Desenvolvimento Territorial, em 2018, os recursos não sairão diretamente dos cofres públicos. A mudança no Plano Diretor permite o direcionamento de medidas compensatórias a empresas de grande porte que se instalam em Santa Maria. Assim, a Urbanes e a De Marco, que farão empreendimentos imobiliários na cidade, realizam a obra do Calçadão como medida compensatória.

Informações: Joyce Noronha/ Prefeitura Municipal de Santa Maria

Foto destaque: João Vilnei

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423