Detran-RS adia emissão de guias por indefinição no valor do DPVAT

O Detran gaúcho optou por aguardar para emitir novas guias do seguro DPVAT, que é o seguro que cobre despesa com acidentes provocados por veículos terrestres.

Isso tudo, após uma liminar do ministro Dias Toffoli suspender, no último dia de 2019, a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que reduziu em até 86% os valores do DPVAT,

O Detran previa emitir a partir desta quinta as guias de pagamento com o valor atualizado do seguro, mas decidiu aguardar até sexta, à espera de uma decisão definitiva do Supremo. Para quem está preocupado sobre a validade dos documentos de licenciamento dos veículos, o Detran reforça que elas vão, pelo menos, até abril.

Na liminar, Dias Toffoli concordou com os argumentos da Seguradora Líder, única administradora do DPVAT, e avaliou que o ato normativo do CNSP configurou “subterfúgio da administração”. Para o ministro, o objetivo real era esvaziar a decisão do STF que suspendeu a medida provisória do governo federal extinguindo o Dpvat. Na semana passada, o Conselho derrubou os valores do seguro para R$ 5,23 para carros e R$ 12,30 para moto, contra os atuais R$ 16,21 para carro e R$ 84,58 para moto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423