Em São Paulo, nove pessoas morrem pisoteadas em baile funk durante ação policial

Durante a madrugada deste domingo (1), na cidade de São Paulo, na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul, nove pessoas, sendo uma mulher e oito homens, morreram pisoteadas durante um baile funk, depois de uma perseguição policial seguida de tiros, segundo a Polícia Civil. Outras sete pessoas ficaram feridas.

Ainda de acordo com a polícia, agentes do 16º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) realizavam uma Operação Pancadão na comunidade – a segunda maior da cidade, com 100 mil habitantes – quando foram alvo de tiros disparados por dois homens em uma motocicleta. A dupla teria fugido em direção ao baile funk ainda atirando, o que provocou tumulto entre os frequentadores do evento, que tinha cerca de 5 mil pessoas.

No entanto, as informações se contradizem já que os relatos das pessoas que estavam no local no momento da ação dizem que os policiais fizeram uma emboscada. A mãe de uma adolescente de 17 anos ferida durante a confusão, disse que a jovem levou uma garrafada na cabeça e um golpe de cassetete nas costas dados por um policial.

Emerson Massera, porta-voz da PM de São Paulo, afirmou que a ação dos policiais será investigada e que os vídeos sugerem um abuso por parte dos profissionais. “Algumas imagens sugerem abusos e ações desproporcionais. A gente lamenta as mortes, essa tragédia. Mas ainda é cedo dizer se houve erro da Polícia Militar (na ação) “, diz.

Fonte: G1

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423