“Fim da vacinação contra a aftosa”. Seminário na região central esclarece aos produtores rurais

Produtores, representantes dos sindicatos rurais e técnicos da Emater e Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) participaram nesta sexta-feira (14), em Cachoeira do Sul, de um seminário para  apresentar o trabalho desenvolvido pelo Rio Grande do Sul para a evolução dos status sanitário de livre de aftosa sem vacinação. O evento faz parte de um ciclo de seminários que acontece em várias regiões do Estado desde a última quinta-feira (13).

Em Cachoeira do Sul, a apresentação do projeto ficou a cargo do diretor do Departamento de Defesa Agropecuária da Seapdr,  Antonio Carlos Ferreira Neto, que garantiu que o Estado apresenta as condições técnicas necessárias para essa evolução. “Na auditoria realizada pelo Ministério da Agricultura em 2019 foram apontadas 18 recomendações que não são difíceis de implementar e apontam que poderemos obter o novo status”, afirma Ferreira Neto.   

Entre as recomendações do Mapa, está a reorganização do quadro de pessoal para que os fiscais agropecuários sejam retirados de atividades administrativas e se dediquem integralmente à fiscalização e a atualização da frota de veículos da Secretaria. As outras recomendações incluem modernização e ajuste do Sistema de Defesa Agropecuária, padronização no cumprimento da legislação, incremento da fiscalização volante, elaboração de estratégia para funcionamento dos postos fiscais, incremento na fiscalização de eventos com aglomeração de animais, cumprimento de metas dos programas de sanidade animal, atividades de educação em saúde animal e maior participação do serviço veterinário oficial nas ações do SUS.

Antecipação da campanha contra febre aftosa – Outra ação que também faz parte do plano de evolução do status sanitário é a antecipação da campanha de vacinação para a primeira quinzena de março – em outros anos a imunização  ocorria em duas etapas, em maio e novembro.

A antecipação da campanha foi confirmada nesta na quarta-feira (12), em Brasília. A definição da data para o início da vacinação contra aftosa no Estado só depende agora da disponibilidade dos laboratórios que produzem a vacina.  

TEXTO E FOTO: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SEAPDR/DDA/REGIONAL DE SANTA MARIA

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
  • (55) 3222-9500 (Telefone Geral)
  • (55) 3222-0210 (Estúdio)
  • (55) 98423-6878 (Whatsapp)
  • comercialradio[email protected]
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423