Transexual é morta a tiros em Dilermando de Aguiar

Nesta quarta-feira, 1 de janeiro, em Dilermando de Aguiar, na localidade de Sarandi, por volta de 21h, uma mulher trans foi morta a tiros.  Selena Peixoto, de 37 anos, foi identificada por uma Guarnição de São Pedro do Sul que foi acionada por vizinhos que ouviram vários disparos na residência de Zeppenfeld.

Ao chegar no local, se depararam com o companheiro de Selena de iniciais P. S. M. P., 52 anos, realizando respiração boca a boca na vítima, questionado pelos agentes de polícia sobre o que teria acontecido, disse que Selena havia sofrido um derrame.

A vítima foi conduzida ao Pronto Socorro do Bairro Tancredo Neves onde foi óbito.

Os médicos constataram lesões por agressões e perfurações de tiros por arma de fogo. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal para necrópsia para apurar à causa da morte.

Ainda durante a noite, o companheiro de Selena deu um segundo relato sobre o ocorrido, mudando a versão dos fatos. O homem afirmou que os dois estavam em casa, e um carro parou em frente a residência. A vítima foi chamada pelo nome e saiu de casa. O homem ouviu os disparos e a encontrou ferida.

A Delegacia de Polícia de São Pedro está investigando o caso.

Informações conforme ocorrência policial.

Texto: Marcos Barcellos -Rádio Medianeira

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423