Itaara terá um impacto direto de R$5 milhões a menos, com as perdas pela estiagem

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (16) em Itaara, foram apresentadas as perdas do município referentes à estiagem com dados da pecuária e das três principais culturas. O técnico da Emater, Ariel Freitas, apresentou os dados para o prefeito municipal, secretário da agricultura, defesa civil, coordenadoria regional da Seapdr e produtores locais.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SEAPDR/ DDA/ REGIONAL SANTA MARIA

Segundo as análises realizadas, a quebra com a estiagem chega a 60% no cultivo de milho, 37% no feijão e 20% no soja. Na agropecuária a estimativa é de uma perda entre 15 e 20% pela redução de peso no gado devido à má-formação das pastagens.

No total, a relação entre a média de geração de renda que deveria ser atingida com a produção rural do município e a que efetivamente será alcançada, aponta para um impacto direto de R$5 milhões a menos.

Após a apresentação dos números ficou determinado que será decretado estado de emergência em Itaara, além da busca de apoio junto ao Governo Estadual, especificamente na construção de poços artesianos e cedência de escavadeira hidráulica para abertura de microaçudes para irrigação, mas também aguardar as medidas que devem ser apresentadas.

O coordenador regional, Celso Carvalho, que participou da reunião junto com os técnicos Ricardo Núncio e Arildo Teixeira,  garantiu que a Seapdr está atenta à situação dos municípios devido à estiagem e deverá apresentar alternativas e planos para auxiliar na recuperação dos prejuízos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423