Morte de transexual em Dilermando de Aguiar, teria sido por dívidas e questões religiosas

Na manhã desta segunda-feira (20), a Delegada Alessandra Padula comandou uma equipe com agentes das Delegacias de São Pedro do Sul, DRACO,DPHPP, 3° DP, DPCA e Delegacia Regional, efetuou a prisão de dois indivíduos suspeitos de serem os autores do homicídio da transsexual Selena Peixoto, morta com três tiros no dia 1° de janeiro em Dilermando de Aguiar.

Conforme a Delegada Alessandra Padula, a motivação já comprovada seria a venda de um cavalo e questões religiosas que serão apuradas na conclusão do inquérito. Os indivíduos pertencem a região Norte de Santa Maria e tem passagens policiais.

Informação: Marcos Barcellos -Rádio Medianeira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423