Na Vila Renascença obra emergencial busca viabilizar trânsito em ponte

Na manhã desta sexta-feira (1º), a Prefeitura de Santa Maria, por meio da Defesa Civil e da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, realizou nova vistoria na ponte que liga o Bairro Renascença ao Bairro Patronato, na Região Oeste da cidade. A conclusão é de que uma obra emergencial é necessária para que o tráfego de veículos pesados volte a ser possível, principalmente de ônibus.

De acordo com o Sistema Integrado Municipal (SIM), a linha Patronato, que busca o Centro da cidade a partir do Bairro Renascença, não passa, desde quinta (31), pela travessia. Dessa forma, o ponto de chegada da linha, bem como o de saída, é a parada de ônibus que fica junto ao Shopping Praça Nova, o que faz com que a população precise caminhar mais para ter acesso ao transporte coletivo.

Desde quarta-feira, a ponte é monitorada pelo Poder Público. Parte da cabeceira cedeu, pois uma tubulação que passa pela travessia rompeu, aumentando o fluxo de água e causando o dano. Somente veículos de passeio e pedestres podem passar por ela. Veículos de grande porte, como ônibus e caminhões, estão proibidos de passar. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) foi acionada para fazer a avaliação técnica e já realizou o conserto provisório da tubulação.

Educação e saúde

A Secretaria de Educação esclarece que as seguintes escolas estão com as aulas suspensas em função de destelhamentos que causaram problemas na rede elétrica: EMEF Diácono João Luiz Pozzobon e Escola Municipal de Aprendizagem Industrial (EMAI). A Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Casa da Criança, a Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Lourenço Dalla Corte, a EMEF Martinho Lutero, a EMEF São João Batista, e a EMEF Hylda Vasconcellos, que suspenderam as aulas na quinta-feira (31), voltaram a ter aulas nesta sexta. A Secretaria realizará novas vistorias nesta sexta para avaliar a situação dos locais ainda interditados. Os alunos e pais ou responsáveis foram informados sobre a suspensão das aulas.

Já a Secretaria de Saúde divulgou que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Joy Betts (Rua Castro Alves, no Bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro) segue com os atendimentos suspensos, pois sofreu destelhamento devido ao temporal. É necessário aguardar a melhora das condições climáticas para que o conserto seja encaminhado. O Executivo Municipal orienta que os santa-marienses busquem a UBS Kennedy (Rua Otávio Mangabeira, no Bairro Salgado Filho) ou a UBS Itararé (Rua Assis Brasil, no Bairro Itararé).

Outros locais que sofreram danos devem ser avaliados pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos e pela Secretaria de Desenvolvimento Rural para que os consertos sejam providenciados.

Alagamentos e deslizamentos

No balneário Passo do Verde, no Distrito de Passo do Verde, o Rio Vacacaí está 7 metros acima do nível normal. Algumas famílias, por precaução, já deixaram suas residências. Uma equipe da Defesa Civil voltou ao balneário nesta sexta-feira (1º) para averiguar a situação. A avaliação será divulgada ainda nesta sexta.

Outra área que está sendo monitorada pela equipe da Prefeitura é a Rua Júlio Sochetti, no Bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Algumas árvores correm o risco de cair, razão pela qual os cortes serão feitos nesta sexta.

A Defesa Civil também entregou lonas para famílias que tiveram suas casas destelhadas. Bairros da Região Norte, como o Caturrita, estão entre os mais atingidos.

Locais para doação

As sedes da Defesa Civil Municipal (Rua Boa Vista, 50, no Bairro Pinheiro Machado) e da Guarda Municipal (Rua Sete de Setembro, 910, Bairro Perpétuo Socorro) estão abertas para receber doações que serão destinadas para as famílias atingidas. Entre o que é mais necessário, estão colchões, roupas e alimentos não perecíveis.

Fonte: PMSM.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423