Nota Ecumênica sobre a Tragédia da Kiss

Santa Maria, 25 de novembro de 2021

“Em vez disso, corra a retidão como um rio, a justiça como um ribeiro perene” Amós 5:24

A inesquecível tragédia ocorrida em Santa Maria no dia 27 de janeiro de 2013 causando diversas vítimas e a proximidade do julgamento sobre as responsabilidades do ocorrido, leva-nos, enquanto pastores das Igrejas cristãs membros da Fraternidade Ecumênica de Igrejas em Santa Maria, a expressar nossa solidariedade a todos envolvidos no processo.

Igualmente reivindicamos o necessário respeito às famílias e à memória das vítimas . Ninguém tem o direito de tripudiar, diminuir ou relativizar sua dor e seu luto. Entendemos que é preciso oferecer conforto às famílias, especialmente porque o desenrolar do júri poderá apresentar depoimentos e relatos que poderão reabrir memórias e feridas numa anamnésis dolorosa que há de ser acompanhada sobretudo com sincero amor e cuidado.

É preciso confiar na instituição judicial à qual caberá estabelecer o veredicto, encerrando uma angústia que já se estende por muito tempo. A verdadeira preocupação é que se procure a justiça também numa perspectiva restaurativa, sem nenhum senso de vingança.

Esperamos em Deus, nosso Criador, que fatos dessa natureza nunca mais se repitam, nem aqui em nossa querida cidade e em nenhum outro lugar. Que o Senhor da Vida acompanhe todas as pessoas que estarão envolvidas nos eventos dos próximos dias.

E que a justiça de Deus prevaleça e seja impressa em nossos corações imperfeitos! Amém.

Arquidiocese de Santa Maria – ICAR

Diocese Sul Ocidental – Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – IEAB

Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Santa Maria – IECLB.

Congregação Luterana Jesus de Santa Maria – IELB

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423