Núcleo Pós-Covid-19 realiza mais de 100 atendimentos em um mês e amplia horários

Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19 de Santa Maria entra no segundo mês de funcionamento com novidades para a população. O local, viabilizado por meio de parceria entre a Prefeitura de Santa Maria e a Universidade Franciscana (UFN), ampliou em dois turnos os horários de atendimento: nas segundas e quartas-feiras, das 13h30min às 16h. Além disso, permanecem os horários tradicionais, de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia. O Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19 fica junto à Policlínica do Rosário, na Rua Serafim Valandro.

De acordo com o relatório mais recente, de 10 de agosto, quando as primeiras consultas começaram, até 31 de agosto, foram feitos 117 atendimentos em 56 pacientes. A maioria é de pessoas do gênero feminino. Os jovens e adultos atendidos têm idades entre 15 e 45 anos. Já a média de idade dos idosos que passaram pelos atendimentos é de 70 anos. Há, ainda, 22 pessoas na lista de espera.

“A proposta é irmos ampliando gradativamente os atendimentos. Com a revitalização do local, com a alegria dos profissionais e acadêmicos envolvidos e com a satisfação dos pacientes, conseguimos ver o sucesso que é a implementação desse serviço do Município”, afirma a superintendente de Atenção Especialização em Saúde da Prefeitura de Santa Maria, Juliana Pruni. 

O Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19 conta com três salas de atendimento e uma sala de triagem. Os serviços, dedicados à reabilitação, são realizados por professores e acadêmicos dos 9º e 10º semestres do curso de Fisioterapia da UFN. Na Policlínica do Rosário, também atuam servidores da Prefeitura, na recepção e no agendamento.

Os pacientes são encaminhados via Sistema Único de Saúde (SUS) pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou Estratégias Saúde da Família (ESFs). Ou seja, os agendamentos não são realizados diretamente no Núcleo. A regulação cabe à Secretaria Municipal de Saúde. 

AVALIAÇÃO

De acordo com o professor e fisioterapeuta João Rafael Sauzem Machado, que atua no Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19, entre as principais queixas apresentadas por quem é encaminhado para atendimento estão falta de ar e perda de força até mesmo para realizar atividades diárias.

“Neste período, conseguimos obter bons resultados dentro dessas queixas. Já temos, inclusive, pacientes que estão em fase final de tratamento e que devem receber alta nos próximos dias. Levamos um trabalho especializado para a comunidade e, ao mesmo tempo, proporcionamos aos nossos alunos a possibilidade de se aprimorar profissionalmente”, explica o professor da UFN. 

Para o aluno Leonardo dos Santos Brum, do 9º semestre do curso de Fisioterapia da instituição, a experiência no Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19 tem sido enriquecedora. Segundo ele, no local, os acadêmicos conseguem treinar técnicas para melhorar as capacidades funcional e aeróbica dos pacientes. 

“Gosto muito da estrutura que nos é proporcionada, a qual nos possibilita treinamentos diferenciados voltados justamente para a reabilitação dessas capacidades. Conseguimos aliar a grande demanda de atendimento aos nossos conhecimentos técnicos, prático e teórico”, elogia o acadêmico. 

RELATÓRIO

Dados do Núcleo de Atendimento Pós-Covid-19 (informações relativas ao período compreendido entre 10 e 31 de agosto de 2021, totalizando 13 dias de atendimento)

• Número de pacientes atendidos – 56
• Número de primeiras consultas – 56
• Número de retornos – 61
• Total de atendimentos – 117
• Pacientes mulheres – 30
• Pacientes homens – 26
• Idade dos jovens e adultos atendidos – Entre 15 e 45 anos
• Média de idade entre os idosos – 70 anos
• Pacientes na lista de espera – 22

Informações e foto destaque: Prefeitura Municipal de Santa Maria

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423