Operação Caixa de Pandora prende homem por estupro de vulnerável e exploração sexual de crianças e adolescentes em São Sepé

Nesta quarta-feira (18), uma ação contra a exploração sexual de crianças e adolescentes foi realizada pela Polícia Civil e agentes do Instituto-Geral de Perícias, quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

As ações foram nomeadas Caixa de Pandora. Em desdobramento da fase na Operação Categorias de Base, deflagrada em janeiro deste ano, onde um homem foi preso por estupro de vulnerável e exploração sexual de crianças e adolescentes. Durante a investigação, em análise nos dispositivos eletrônicos dele, foram encontrados materiais que remetiam esses quatro suspeitos a esses crimes.

Imagem ilustrativa.

 As apreensões feitas foram fornecidas através de pistas encontradas pelos agentes em materiais apreendidos, em um HD externo dele, além de mais de 100 vítimas identificadas, as quais ele praticou tanto estupro quanto exploração, havia também um dossiê que ele mantinha contra outras pessoas que também estariam envolvidas.

Ao longo de toda a manhã, foram recolhidos celulares e computadores, e ficou constatado que esses homens ofereciam lanches e dinheiro, como R$ 10 ou R$ 20, para que os meninos mantivessem relações sexuais com eles.

As vítimas vivem em situação de vulnerabilidade social. Polícia afirma que a investigação já tem elementos comprobatórios para indiciar os suspeitos. Porém, ainda não há data determinada para a conclusão do inquérito. O crime de exploração sexual de adolescente tem pena prevista de quatro a 10 anos de prisão.

Informações ZH.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423