Santa Maria recebe terceira remessa de doses da CoronaVac

Uma nova remessa de 2.680 doses para reforçar a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Santa Maria foi recebida no fim da manhã desta segunda-feira (1°), no Aeroporto Municipal. Esse quantitativo seguirá contemplando trabalhadores da saúde. No mesmo avião da Brigada Militar, também foram recebidas 4.475 imunizantes que serão destinados para as pessoas já vacinadas com a primeira dose da CoronaVac. A logística foi acompanhada pelo prefeito Jorge Pozzobom e demais autoridades.

“Temos a alegria de acompanhar a chegada das doses de esperança. Estamos conseguindo proteger aqueles que nos protegem, que são os trabalhadores da saúde. E, assim, seguiremos com este grupo prioritário, uma vez que Santa Maria é um polo de saúde”, reforça o prefeito Jorge Pozzobom. 

Com esta terceira remessa, o Município já recebeu 11.625 doses. A destinação é realizada com cautela a fim de haver comprovação das aplicações das vacinas por parte das instituições e de evitar perdas. Já a segunda dose tem previsão de começar a ser dispensada a partir da próxima semana. Até a última sexta-feira (29), 3.505 pessoas, entre trabalhadores da saúde, idosos de lares e indígenas, já estavam imunizadas e aguardam a segunda dose.

“São cerca de 15 mil trabalhadores da saúde e, por isso, vamos dar continuidade à campanha de vacinação para esse público, uma vez que já conseguimos atender idosos de lares e indígenas. Para todos esses vacinados, a segunda dose já está garantida e armazenada pelo Estado”, explica o secretário de Saúde, Guilherme Ribas, acompanhado da representante da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde (4ª CRS), Fabrícia Ennes.

Sem “fura-fila”

A fim de agir de forma preventiva, a Prefeitura instaurou a Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19. A controladora geral do Município, Carolina Lisowski, explica que se trata de medida repressiva para eventuais denúncias, proativa, para analisar as listagens de vacinados, e preventiva, contando com a ajuda das instituições de saúde para evitar os “fura-filas”.

“Trata-se de um trabalho intersetorial aos moldes do já praticado desde o começo da pandemia, tendo como um dos principais objetivos analisar possíveis denúncias para, então, dar andamento aos procedimentos. Neste momento, não temos formalização de nenhuma denúncia”, explica a controladora geral do Município, Carolina Lisowski.

Os números da fiscalização podem ser conferidos aqui.

Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria  

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423