Serão 3,4 mil microchips aplicados em cavalos, cães e gatos; prefeitura já definiu a empresa responsável

Foram definidas, na segunda-feira (9), as empresas que vão ficar responsável por fornecer os equipamentos necessários para a microchipagem e a identificação de animais em Santa Maria. Eles são destinados a cavalos, cães e gatos.

Conforme o edital, serão adquiridos 3,4 mil microchips, 12 aplicadores e três identificadores biométricos digitais. Os microchips e os aplicadores serão fornecidos pela empresa E.L. Machado. Já os identificadores serão fornecidos pela empresa Animalltag Tecnologia. A licitação está em fase de homologação junto à Secretaria de Finanças.

O pregão previa um orçamento de R$ 52.023,99. No entanto, as empresas, juntas, apresentaram propostas que somam R$ 24.448, ou seja, houve uma economia de R$ 27.535,99. A empresa Animalltag Tecnologia receberá R$ 2.298 pelos identificadores. Já a E.L. Machado vai receber R$ 22.190 pelos microchips e aplicadores.

Do total dos microchips que serão adquiridos, mil serão destinados para cavalos. Os demais, para cães e gatos. Os microchips destinados aos cavalos vão se somar ao grupo de 500 identificadores que já estão sendo utilizados pela Prefeitura nas ações para aplicação de identificadores em cavalos de tração. Novos atendimentos vão ocorrer nesta sexta-feira (13), na Vila Maringá, no Bairro Diácono João Luiz Pozzobon, em um posto montado na Rua Hilda Conceição Colussi Berleze, esquina com a Rua G. As aplicações serão das 14h às 17h. A ação é gratuita.

Informação PMSM.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
  • (55) 3222-9500 (Telefone Geral)
  • (55) 3222-0210 (Estúdio)
  • (55) 98423-6878 (Whatsapp)
  • [email protected]
Avenida Rio Branco, 809  –  Centro  –  Santa Maria/RS  –  CEP 97010-423